quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Coleção Modern Vintage Avon




A Avon acaba de lançar a Coleção Modern Vintage, uma edição limitada, o que me fez lembrar que esses dias, em uma conversa com as meninas do Sacolada Vnf, comentamos sobre como o que é antigo vai e vem na moda. Às vezes com outro nome, uma releitura, carinha nova, mas sempre vemos que o que é novo, nem sempre é tão novo assim. Falamos de tons pastel, porque o bapho da vez era o tal de Nude e suas variações.

Lembrei disso agora que acabei de receber da Avon os lançamentos da perfumaria, a Coleção Modern Vintage. De carinha estilo Chanel Nº 5 e Calandre de Paco Rabanne, parece que a simplicidade e o resgate do "cheiro antigo" agora é vendido em vidrinhos. Hehehehehe...

Sim, a proposta da marca é exatamente essa: resgatar o estilo retrô nesse movimento Vintage, que mais do que nunca virou moda e parece que chegou pra ficar. Quanto mais antiguinho, mais moderno fica. Engraçado, né?

O interessante é que quando senti as fragrâncias realmente me veio na memória cheiros antigos, de um outro tempo, quem sabe até de um tempo que nem vivi, mas dá pra sentir que ele existiu. Nossa, viajei agora... Acho que vocês devem estar pensando que eu ainda não me recuperei da comilança de final de ano, néam?

Mas falando sério, existem cheiros que nos fazem lembrar cada coisa, perfume é memória líquida. Sempre amei saber um pouquinho mais sobre a arte da perfumaria. Já falei várias vezes aqui no blog.

Quando fiz um curso com a Renata Aschar, que é especialista em perfumaria, fiquei ainda mais encantada com as possibilidades. Hoje em dia é possível recriar o cheiro de qualquer coisa gente, acreditam?


Não é a toa que existem colônias com cheiro de bala, sorvete, algodão doce, fragrâncias com cheiro de chuva, floresta, praia, e por aí vai. Isso se chama tecnologia, ou mais precisamente, Head Space (um equipamento capaz de captar os cheiros e através da química, reproduzir de forma bem similar).

Bem, voltando ao tempos modernos, ou nem tão modernos assim... Hihihihihi, a Avon resolveu lançar 2 perfumes bem distintos.

O Modern Vintage 50's Glam foi inspirado na moda da cintura alta, calça cigarrete e saias godês da década de 1950 (época inesquecível em que as atrizes Audrey Hepburn, Sofia Lauren e Marilyn Monroe marcaram com muito estilo). É uma fragrância floral verde, com notas de saída flutais representadas pelo caqui e maçã, nota de corpo bem florais com gardênia, rosa e acordes florais de madressilva, já as notas de fundo são amadeiradas com vetiver, musgo e musk (sempre notas amadeiradas ficam no fundo para dar mais profundidade e durabilidade a fragrância). Desenvolvido pela casa de fragrância Firmenich, ouuunnnnn, um dia ainda vou conhecer esse lugar;)

Já o Modern Vintage 60's Mod é mais quente, sensual, que remete a rebedia, liberdade e independência feminina da década de 1960 (período marcado pela inclusão da minissaia no guarda-roupa da mulher, peças metálicas de estampas psicodélicas, usadas por Twiggy, Jacqueline Kennedy e Brigitte Bardot. O perfume é amadeirado fresco, de traz uma combinação de pimenta negra, frutas vermelhas, ameixa preta, com um corpo de folhas de violeta, madeira orris e um fundo de amdeiras cashmere, patchouli e musk. Essa foi desenvolvida pela casa de fragrância Givaudan, que também quero conhecer um dia muito próximo, Hehehehehehe...

Sou muuuuito enjoadinha com fragrâncias, embora tenha adorado a pegada da Coleção, uma pena que nenhum deles tenha me agradado tanto assim. Não que eu tenha algo contra cheirinho de Vovó, até porque tem cada vovozinha cheirosaaaaaaa (a minha é uma delas), porém, quando o assunto é perfume, a escolha é uma questão muito pessoal. Algumas notas definitivamente me dão dor de cabeça (evito notas de âmbar, pacthouli, baunilha, musk, especiarias e mais alguns outros ingredientes), porém uso e abuso dos cítricos e florais frutais verde.
Achei que os dois perfumes têm um ar retrô, são suaves e delicados.

Não existe regra na perfumaria, e nem sempre um perfume de determinada família olfativa, que não nos agrade, necessariamente irá comprometer todos do memso estilo. Eu adoro tudo que não fique muito doce, e achei que ambos ficaram um pouquinho adocicados na minha pele, principalmente o Modern Vintage 60's Mod (achei ele bem parecido com o Crazy Feelings, do Boticário, depois de algumas horas, porque esse sim é forteeeeeee).

Alguém já conheceu os novos perfumes da Avon, achou parecido com algum outro? Gostaram? O que acharam?

Os perfumes da Avon podem ser encontrados nos folhetos por R$ 40,00 cada um.

3 comentários:

  1. Oi To passando pra divulgar o sorteio do meu blog que será neste domingo!! Me ajuda lá, preciso de ajuda para que o sorteio possa acontecer...

    bjinhus

    http://alinicosta.blogspot.com/2010/01/1-sorteio.html

    ResponderExcluir
  2. Seu blog é uma graça..
    já estou te seguindo!
    sobre os perfumes só senti o cheirinho pela revista mesmo, não sei se mudaria minha opniao sentindo o perfume de verdade mas não gostei muito de nenhum deles hehe
    beijos flor

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ná!

    Lembram cheirinho antigo, sabe? Não que sejam ruins, mas não faz meu estilo:(

    Que bom que gostou do blog. Passe sempre por aqui, okay?

    Bjussss!

    ResponderExcluir