sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Testei: Shampoo a seco Batiste

Aqui já faz tempo que o shampoo a seco me socorre. Pensando nisso, procurei estocar algumas opções de Batiste, assim que a BFF correu me avisar que a mamis estava voltando de viagem, e tinha um espaço na mala para minhas bugigangas (Lena, queri: Obrigada! Sua mala, como sempre, é igual seu coração "sempre cabe mais um e é gigante")!

Já testei alguns como da Aspas e o rosinha Lee Stafford (falei aqui) que está entre o que mais usei nos últimos tempos.

Pensei que o inverno seria rigoroso aqui no Rio, como sempre é em São Paulo. Esse tipo de produto é ótimo help em situações emergenciais. Me preparei! Mas aqui o inverno é fake, hoje mesmo tá um calor. Como de quebra estou de molho com um resfriado (semana passada peguei uns 7º de friaca em São Paulo, chego em Niterói, o povo me diz que tá frio entre 17º e 20º), vou tentar ser o mais direta possível (e o que meu olfato permitir) para tentar descrever as fragrâncias. =/

Lá fora são tantas opções com preços amigos (comprei na Boots) que fica difícil escolher. No dia tinha promo, além de ter pago algo em torno de 2 Libras por 200 ml, na dobradinha, o segundo ficava pela metade do preço. Tem como não amar? Uma pena que a Boots ainda não entrega no Brasil, mas fica a dica pra quem estiver de viagem marcada. =(

Batiste Dry Shampoo: Cherry, Tropical, Blush e Original.

Amei o Cherry, um frutal doce e leve. O Tropical é um frutal com cheiro de côco, gostoso também. Blush é floral frutal delícia, fresquinho e Original é refrescante, também um levemente adocicado, bem pouco.

No dia que comprei não tinha a opção do menor tamanho, comprei a embalagem de 200ml e acho que poderia vir menos produto. Se pensar no preço, foi uma ótima escolha. Só pra dar uma raivinha: o que paguei nesse tamanho, ainda custa metade do preço de 50ml aqui no Brasil. 

Primeiro do teste: Batiste Shampoo a seco Original

Entre essas versões Batiste, optei começar os testes pela versão Original, que é refrescante, tem cheirinho suave (lembra brilho infantil) sem ser muito doce. Depois de um tempo o aroma no cabelo fica discreto, o que amo. Não gosto de nada que lembre toda hora, me enjoa. 

Como todo shampoo a seco, deve ser aplicado entre 20 e 30 cm de distância e depois, levemente massageado com uma toalha (de preferência velha, pra não correr risco de manchar). Como não escolhi nenhum com cor, nem me preocupei. Agora, se optar por algum desses, é melhor que a toalha seja escura.

Achei super digno e uma ótima opção, pois não é tão caro como alguns importados, atende bem e já é vendido no Brasil.

Dá pra encontrar em algumas perfumarias e no site tem várias informações também. Aqui em Niterói ainda não vi onde vende, quem souber, avisa nos comentários?

Os preços variam entre R$15 até R$30 (nos tamanhos 50ml, 150ml e 200ml). Mas pode ter uma diferença ainda maior, vale a pena pesquisar, já que não é tão barato quanto lá fora.

Tem outras fragrâncias e as opções com cor, esse ainda não sei se vale a lambança (alguém aí já?). Estou louca pra experimentar o restante da linha.

Mais informações e dicas no site www.batiste.com.br.

Alguém usa? O que achou?

6 comentários:

  1. De shampoo a seco só usei o da charming...

    oblogdafenixx.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar dele, nunca vi pra comprar Vi! Gostou? Beijo!

      Excluir
  2. yo nunca use dry shampoo
    pero tengo ganas de probarlo
    y no se cual , pero este es una gran opción!
    besos
    http://randommonchi.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Monchi!

      Sí, es una buena opción.

      Creo que te gustará!

      Besos!

      Excluir
  3. Olá Luciana,

    Há anos que uso um da Klorane e adoro mas ando de olho neste da Batiste há já algum tempo :)! Depois de ler a tua opinião vou mesmo experimentar!!!

    Beijinho****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda quero testar esse da Klorane. Vou procurar!

      Beijos!

      Excluir